José Marques: atleta Renault Run Club na Maratona Carioca! Parte II

José Marques: atleta Renault Run Club na Maratona Carioca! Parte II

Atleta, na semana passada partilhámos o 1º artigo sobre a jornada épica do nosso companheiro José Marques, aquando da sua participação na Maratona do Rio de Janeiro.
Terminado o relato da sua preparação e objetivos traçados, chegou a hora de sabermos como o José enfrentou este desafio titânico: correr 42,195 kms em menos de 6h! Juntas-te a nós?

 

“Eu parti na última onda da corrida, quase no fim de todos os atletas.

 

A partida

Quando passei a linha de partida, liguei o relógio e pensei: ‘seja qual for o tempo que eu venha a fazer, eu tenho de terminar’.

Tinha premeditado que faria uma média de 7 minutos ao quilómetro, mas logo verifiquei que isso não iria ser possível, por isso comecei a resguardar-me para o que desse e viesse.

Por volta do segundo quilómetro vi ao meu lado uma atleta brasileira de seu nome Cristina Vitoriano, que ia ao mesmo ritmo do que eu. Perguntei-lhe se a podia acompanhar durante a maratona. Ela acedeu ao pedido e fomos juntos até sensivelmente ao quilómetro 23, altura em que ela disse que tinha de ir à casa de banho, já em plena Avenida da Praia de Copacabana.

Não mais a vi com muita pena minha, porque ela psicologicamente foi uma mais-valia para mim. Tempo de passagem aos 21 kms: 3h04.

Durante estes 23 kms fomos gerindo o nosso esforço com paragens regulares nos abastecimentos de água de 3 em 3 kms e de bebida isotónica de 5 em 5 kms. Comida sólida cerca dos 32 kms.

As águas estavam em copos de tipo iogurte devidamente seladas e em recipientes enormes com gelo. Era só pegar e levar. Aproveitávamos o gelo que estava nesses recipientes para refrescar as pernas. E assim foi até ao momento em que a Cristina me disse ‘Vou no banheiro, encontramo-nos depois’.

 

Gestão de esforço

A partir daí foi uma corrida a solo. Ainda fiz alguns quilómetros sempre a correr, mas para não chegar ao período de exaustão que poderia atingir, passei para o meu plano B: corrida e caminhada, mas sempre com paragens curtas nos abastecimentos para apanhar água ou a bebida isotónica e as habituais paragens para encostar à árvore, como fazem os cães. A água que ia entrando tinha de sair. 🙂

Em primeiro lugar, correr um quilómetro e caminhar 100 metros. A partir de determinado momento (talvez por volta do km 31), passei a correr 400 metros e 100 a andar. Nesta fase eu corria rápido os 400 metros e caminhava mais apressadamente nos 100 metros para poder fazer uma média de sensivelmente 7:15 minutos ao km. Lembro-me de um atleta ter dito nesta fase que eu tinha começado a prova naquele momento. Não pela velocidade ser elevada, mas por considerar que eu ia muito atrás, assim ele pensava.

Depois de ter corrido toda a zona das praias de Copacabana, Ipanema até ao Leblon (volta com marcadores de passagem no chão), voltamos ao fim da praia de Copacabana. Depois de contornarmos o final da praia, entrámos na zona que dava acesso à zona de chegada. Estávamos no quilómetro 38.

Foi aí que eu tive a certeza que iria conseguir terminar, terminar bem e dentro do horário proposto pela organização.

Continuei no mesmo sistema de corrida e caminhada e, quando avistei a meta, não mais parei. Faltariam cerca de 800 metros.

 

Sensação de dever cumprido

Cortei a linha de meta com os três objetivos cumpridos. Tempo final 5.53h. Ainda assim, fiz menos 11 minutos na segunda meia maratona em relação à primeira.

Tinha a felicidade estampada no rosto e quando vi a família à minha espera, transbordei de alegria. Eles estiveram mais de 7 horas comigo fisicamente e em espírito, considerando o antes e o depois.

Descansei um pouco sentado na relva do parque, hidratando-me, comendo o que me deram no final e alongando convenientemente. Limpei-me, mudei de roupa e voltámos para casa.

Estava realizado o sonho de voltar a correr de novo uma maratona, 5 anos depois da Maratona de Lisboa de 2014.

Uma referência especial para quem organizou os abastecimentos líquidos e sólidos, de modo a que a hidratação e a ingestão de alimentos fosse feita devidamente em benefício dos atletas, dado o calor e a humidade existente.

Outras maratonas se seguirão. Quem sabe?”

 

Rio de Janeiro 23-06-2019

José Marques

 

Renault Run Club | Atleta José Marques

 

O testemunho do José prova que com paixão, esforço e dedicação, todos nós temos capacidade para ultrapassar qualquer barreira.

Com a ajuda do teu clube, tu também poderás contar uma história inspiradora como esta. Os  treinos Renault Run Club preparar-te-ão para as 3 grandes provas do calendário nacional: Meia Maratona de LisboaCorrida da Mulher e Maratona de Lisboa. 

 

Inscreve-te já no 1º treino pós-férias, a 7 de setembro!
José Marques: atleta Renault Run Club na Maratona Carioca! Parte I

José Marques: atleta Renault Run Club na Maratona Carioca! Parte I

José Marques, nosso companheiro de corridas Renault Run Club, partilha aqui o seu incrível testemunho enquanto corredor da Maratona do Rio de Janeiro!
Uma história inspiradora que nos serve de exemplo para superar qualquer barreira… Vamos a isto?

 

“Talvez pelo impacto das telenovelas brasileiras, talvez pelo impacto dos anúncios turísticos ou talvez por algum sonho que tivesse tido, decidi que gostaria e queria muito correr no calçadão da praia de Copacabana do Rio de Janeiro.

E porque não aproveitar a possibilidade de realizar este meu desejo na maratona do Rio de Janeiro, a 23 de junho de 2019? Falei, por isso, com as pessoas certas que me deram todas as possibilidades de participar nesta prova rainha.

 

Rumo à Maratona

Tudo acertado. Dorsal e casa garantidos e passagens compradas. Só faltava mesmo o plano de treinos para correr esta distância que não corria desde outubro de 2014. Depois de escolher o plano, foi uma questão de pô-lo em prática.

Iniciei os treinos específicos para esta maratona 12 semanas antes. Foi acrescentar aos treinos o que já vinha fazendo, mais uma dose de quilometragem superior e uns treinos específicos.

Treinei sempre 5 vezes por semana, exceto no período da minha peregrinação a Fátima em maio. Mesmo não correndo, os cerca de 160 kms de caminhada deram-me algum conforto para relembrar essa distância mítica de 42.195 metros.

Pelo meio aconteceram-me várias lesões que fui debelando com alguma fisioterapia e com muito sofrimento e dor. A maioria dos treinos foram feitos a solo, o que provocou um desgaste enorme de saturação que se vem acumulando de quase 41 anos de corrida. Apesar disto tudo, a vontade de estar no tiro de partida era enorme e sobreponha-se a tudo o que tinha passado até chegar ao dia 23.

 

Já no Rio

Antes do dia D, fiz dois treinos no Rio de Janeiro. Um de 10 kms à volta da linda Lagoa Rodrigo de Freitas (quarta-feira) e outro de 6 kms, percorrendo o local onde grande parte da maratona iria decorrer: Calçadão de Copacabana (sexta-feira).

 

Renault Run Club | Atleta José Marques

 

Dia 22 – Preparativos

Dorsal levantado, equipamento e ténis escolhidos, assim como os restantes apetrechos que me iriam acompanhar nos 42.195 metros. Tarde na praia de Ipanema para relaxar.

 

Dia 23 – Dia D

Relógio a despertar para as 3 horas da madrugada. Levantar às 3.30h e iniciar os preparativos para o local da partida e chegada que seria no Flamengo – Zona Centro do Rio de Janeiro.

A minha família (mulher e filho), apesar do sacrifício de se terem de levantar tão cedo, fizeram muita questão de me acompanhar nesta aventura do início ao fim. E assim foi. Apanhámos um táxi e por volta das 5 da madrugada estávamos no local.

Fiz um ligeiro aquecimento e nessa altura senti uma enorme pressão sobre mim e fiquei apavorado pela distância que teria de percorrer, já que o treino mais longo que havia feito tinha sido de 28 kms e com algumas paragens… Faltavam 14 kms para além deste treino e tudo me passou pela cabeça.

Depois deste curto aquecimento, fui até junto da minha família e disse-lhes que não iria fazer a prova. Nesse momento, o meu filho disse-me as palavras certas. “Vieste ao Rio de Janeiro para correr a maratona e é isso que tens de fazer”. Era isto que eu precisava ouvir e lá fui para a zona de partida.

A primeira partida foi dada às 5.35h e houve depois mais três partidas por vagas. Ainda era noite.

Os objetivos a que me propus eram:

1º – Terminar.

2º – Terminar bem.

3º – Terminar dentro do limite estipulado pelo regulamento: 6 horas.

Eu parti na última onda da corrida, quase no fim de todos os atletas.”

 

Runner, queres saber como correu a prova do José?
Na próxima semana terás a resposta! Acredita, é mesmo a não perder…
Até lá, boas corridas! 🙂
Esta playlist Spotify é para ti!

Esta playlist Spotify é para ti!

Quando procuras forças para treinar mais e melhor, onde é que vais buscar aquela motivação extra?

Para nós, não há nada como ouvir aquela música… Por essa razão, o teu clube tem uma grande novidade para ti: Playlist Spotify Renault Run Club!

 

Quando estamos de férias, a motivação para treinar nem sempre está em altas, o que é perfeitamente natural. Depois de muitos treinos seguidos, o nosso corpo (e cabeça) necessitam de um merecido descanso. Contudo, chega a altura onde é preciso retomar os treinos para manter a boa forma!

Pois bem, o teu clube acaba de ter uma ideia incrível para que, onde quer que estejas, possas treinar como se não houvesse amanhã!

O Renault Run Club criou uma playlist Spotify dedicada às tuas corridas, com músicas que te dão a pica para ires ao infinito e mais além!

Porque esta playlist é de todos nós, queremos que participes na sua criação! Fica atento às nossas publicações no Facebook e Instagram, pois terás a oportunidade de sugerir músicas super motivadoras para os treinos de toda a comunidade.

Até lá, acede à playlist Renault Run Club no teu smartphone e corre a alto e bom som!

Em férias: Best Of para recordar as Amarelinhas!

Em férias: Best Of para recordar as Amarelinhas!

Runner, já com saudades dos nossos treinos?

Nós ajudamos a recordá-los…

 

Porque recordar é viver – e provavelmente inspira a correr! -, aproveitamos esta pausa de Verão para partilhar contigo um Best Of dos momentos mais emblemáticos deste último ciclo de treinos.

Foram muitos quilómetros de sacrifício, superação e um incrível espírito de grupo desta comunidade.

Esperamos por ti em setembro!

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Belém

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino SportExpo

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino SportExpo

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino SportExpo

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Belém

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Belém

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Meia Maratona de Lisboa

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Belém

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Meia Maratona de Lisboa

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Meia Maratona de Lisboa

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Meia Maratona de Lisboa

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Belém

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Meia Maratona de Lisboa

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Belém

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Corrida da Mulher

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino SportExpo

 

Renault Run Club | Best Of Férias
Treino Parque das Nações

 

O teu clube também vai de férias mais cedo!

O teu clube também vai de férias mais cedo!

Runner,

A poucos dias do Verão começar, muitos de nós já estão a correr por outras bandas. Há atletas que já se encontram de férias e outros aproveitam este período para participar em diferentes provas aos fins-de-semana.

Neste contexto, o Renault Run Club também decidiu ir de férias mais cedo e, por isso, os próximos dois treinos que estavam previstos – a 22 e 28 de junho – não se vão realizar. No fim de contas, todos precisamos de recarregar as baterias para voltar cheios de energia e motivação para um novo ciclo de treinos!

E já temos data para o primeiro pós-férias: 7 de setembro nos jardins da Torre de Belém.

Até lá, continuamos ligados através das redes sociais.
Não te esqueças de partilhar os teus treinos em modo férias no nosso Grupo Facebook ou com a hashtag #renaultrunclub no Instagram.

Boas férias e boas corridas, Runner!

Portugal: 7 trilhos e caminhos pedestres para as tuas corridas!

Portugal: 7 trilhos e caminhos pedestres para as tuas corridas!

O Dia de Portugal está a chegar e o teu clube decidiu prestar a devida homenagem!

 

Porque Portugal é um país fantástico e com locais incríveis para correr, Renault Run Club apresenta-te 7 trilhos e caminhos pedestres que, provavelmente, te vão surpreender.

 

Apesar de sermos um país relativamente pequeno, Portugal é uma verdadeira caixinha de surpresas. Independentemente da região onde estejamos, conseguimos sempre encontrar lugares mágicos com paisagens de cortar a respiração.

Coincidência ou não, muitos deles são excelentes cenários para o teu treino de corrida. Quer vás de férias prolongadas ou faças uma escapadela de fim-de-semana, há paisagens prontas a despertar o teu espírito de atleta.

Por ocasião do 10 de junho, Dia de Portugal, o teu clube decidiu reunir 7 trilhos e caminhos pedestres para que possas manter a forma em profunda harmonia com a natureza.

 

7 Trilhos e Caminhos Pedestres em Portugal

1 – Trilho dos Pescadores

Dia de Portugal

A Costa Vicentina é sem dúvida um tesouro nacional que merece ser visitado uma e outra vez.

Se já percorreste a Rota Vicentina de carro ou se nunca teviste a oportunidade de passar por lá, experimenta correr pelo Trilho dos Pescadores! Há diferentes caminhos disponíveis como Zambujeira do Mar – Cabo Sarvão (9km) e Vila Nova de Milfontes – Almograve (15km).

.
2 – Passadiços do Paiva

Dia de Portugal

Os Passadiços do Paiva localizam-se na margem esquerda do Rio Paiva, concelho de Arouca, distrito de Aveiro. São 8 km quase todos percorridos em estruturas suspensas, proporcionando uma corrida (ou caminhada!) deslumbrante com paisagens de extrema beleza.

.

3 – Rota do Feto

Dia de Portugal

A Rota do Feto, localizada no distrito de Viseu, é um percurso pedestre de pequena distância (5km) e nível de dificuldade fácil. O percurso tem início na Freguesia de Mundão junto ao Lago na Quinta do Catavejo, seguindo por zona residencial em direcção a área florestal. Aí poderás observar a diversidade da fauna local e beber a água pura da nascente.

.

4 – Ecopista do Rio Minho

Dia de Portugal

Inaugurado em 2004, o Ecopista do Rio Minho foi um dos primeiros percursos nacionais a aproveitar uma antiga linha férrea para fins recreativos. Este caminho faz-se sempre junto ao rio Minho, permitindo desfrutar de paisagens únicas até chegar ao centro histórico de Monção.

.

5 – Percurso dos 7 Vales Suspensos

Dia de Portugal

Situado por cima da Praia da Marinha, Algarve, este é um percurso destinado aos atletas mais avançados.

O caminho faz-se por trilhos de troço de costa, sendo as arribas o elemento dominante desta paisagem. À medida que vás correndo, encontrarás miradouros estonteantes e placas com informação essencial para que te mantenhas em segurança.

.

6 – Trilho da Serra Amarela

Dia de Portugal

A Serra Amarela é um dos maiores relevos montanhosos do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Se és fã do mundo da fauna e flora, este percurso é o ideal para ti: nele verás matos secos de urzes, tojos e giestas, assim como mais de 200 espécies de vertebrados, além de inúmeras espécies de aves e répteis.

.

7 – Fisgas do Ermelo

Dia de Portugal

No ponto de encontro entre Douro, Minho e Trás-os-Montes, este trilho de 12km reúne o melhor destas três regiões, num pequeno paraíso natural que vale a pena conhecer. Com início na aldeia de Ermelo, encontrarás caminhos com apertadas gargantas que culminarão numa das maiores quedas de água da Europa: as Fisgas do Ermelo.

.

Portugal é de facto um país extraordinário, repleto de riquezas naturais como não há igual. Se te deixámos com curiosidade em experimentar um destes trilhos, pedimos que o faças sob uma única condição: não podes faltar aos treinos Renault Run Club.

 

Aproveita a dica e inscreve-te no treino do próximo sábado!

Treino de Pais para Filhos no Dia da Criança!

Treino de Pais para Filhos no Dia da Criança!

Atleta, sabes o que se comemora no próximo sábado? O Dia da Criança! E tu, como pai ou mãe, tens de dar o exemplo!

Sim, cada treino renault run club é uma oportunidade para nos divertirmos e, porque não, sermos crianças. por outro lado, ao cuidarmos da nossa saúde, estamos também a cuidar da dos nossos filhos…

 

No próximo sábado, 1 de junho, dá-se a feliz coincidência do nosso treino se realizar no Dia da Criança! Prepara-te para uma sessão exigente, cheia de energia e boa disposição. Bem vistas as coisas, todos nós somos (e devemos continuar a ser) crianças ao longo da vida.

Simultaneamente, os treinos Renault Run Club funcionam como autênticos balões de oxigénio para os nossos atletas pais e mães. Porquê? O exercício físico, e em especial a corrida, permite-nos:

  1. Libertar o stress acumulado do dia-a-dia;
  2. Aumentar a nossa autoestima e autoconfiança;
  3. Ultrapassar desafios e atingir novos objetivos;
  4. Reforçar os índices de energia.

Ingredientes essenciais para que possamos dar uma educação como os nossos filhos merecem. Ao demonstrarmos esta preocupação em cuidar de nós, estamos a ser um exemplo para eles! Já diz o ditado que “de pequenino é que se torce o pepino!”

Nas palavras da nossa atleta Vera,

Já é costume da nossa familia praticar desporto ao ar livre, seja corrida ou caminhada, e há umas semanas atrás decidi partilhar com os meus filhos algo que costumo fazer e que me dá prazer: o treino com o Renault Run Club… Fomos muito bem recebidos e eles adoraram treinar com os amigos da corrida da mãe e, vejam só, até têm uma Amarelinha igual!

 

Treino Renault Run Club

 

Por essa razão, é fundamental que os bons hábitos sejam transmitidos às crianças o mais cedo possível através de ações. Há quanto tempo não fazem exercício com os vossos filhos? Jogar à bola, andar de bicicleta, caminhar ou, claro está, correr!

Atleta, a saúde é o nosso bem mais precioso por isso fica já o convite: inscreve-te no treino do próximo sábado e corre para seres o melhor pai/mãe do mundo.

 

Treino Renault Run Club

Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu em prova

Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu em prova

NO PASSADO DOMINGO REALIZOU-SE EM BELÉM A 14ª EDIÇÃO DA CORRIDA DA MULHER!

UMA PROVA SOLIDÁRIA QUE CONTOU COM MÃES, FILHAS, AVÓS E NETAS, MUITAS DAS QUAIS ATLETAS DO RENAULT RUN CLUB! COM A AMARELINHA E O TUTU VESTIDOS, CORREMOS JUNTOS A FAVOR DE UMA CAUSA DE TODOS NÓS.

 

A Corrida da Mulher é uma prova especial onde se vive uma atmosfera diferente de todas as outras. Para além de ser uma oportunidade das nossas atletas se superarem após tantos treinos de preparação, esta corrida permite contribuir para uma causa maior.

Ao longo de 5km, assistimos a uma enchente de t-shirts rosas e Amarelinhas que, todas juntas, angariaram mais de 32 mil euros para a Liga Portuguesa Contra o Cancro! E claro, as nossas atletas foram parte importante nesta ajuda ao vestir o tutu solidário.

Depois da corrida, vimo-las subir ao pódio Renault Run Club doando no total 400€ a favor desta causa. Todas com um belo sorriso e sensação de dever cumprido.

Revê nesta galeria alguns dos melhores momentos desta manhã solidária, com muito boa disposição à mistura.

 

  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    1 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    2 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    3 / 29
  • Antes de férias: recordar as Amarelinhas
    4 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    5 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    6 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    7 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    8 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    9 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    10 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    11 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    12 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    13 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    14 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    15 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    16 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    17 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    18 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    19 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    20 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    21 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    22 / 29
  • Antes de férias: recordar as Amarelinhas
    23 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    24 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    25 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    26 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    27 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    28 / 29
  • Corrida da Mulher: A Amarelinha e o tutu a favor de uma causa de todos nós
    29 / 29
Levanta o teu tutu solidário e corre por esta causa!

Levanta o teu tutu solidário e corre por esta causa!

Runner, estás preparada para a Corrida da Mulher? Quando fores à SportExpo levantar o teu kit Renault, leva contigo o tutu solitário!

 

É com muito orgulho que o Renault Run Club volta a apoiar a Liga Portuguesa contra o Cancro em mais uma prova do calendário nacional.

Sendo este clube de corrida uma verdadeira comunidade, também tu podes fazer a diferença na hora de ajudar quem mais precisa. Como?

Quando levantares o teu dorsal na SportExpo pede o tutu solidário.

No dia da prova, basta subires ao pódio com ele vestido e nós doaremos 1€ a favor desta causa. 

No próximo domingo terás não só a possibilidade de testar a tua forma física, como também de contribuir para uma causa que é de todos nós: o teu clube dar-te-á a oportunidade de ajudares a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Contamos contigo para apoiar esta iniciativa, espalhando a onda solidária da Amarelinha!

Treino Pliométrico: Um complemento para as tuas corridas!

Treino Pliométrico: Um complemento para as tuas corridas!

Atleta, se procuras melhorar o teu desempenho no treino de corrida, o Renault Run Club tem uma sugestão para ti!

Com a ajuda de um especialista na matéria, vamos perceber como o treino pliométrico é importante para prevenir lesões e estares ao teu mais alto nível.

Sabemos que, em qualquer treino, uma mera sensação de desconforto ou uma penosa dor no joelho pode limitar a tua capacidade de ir mais além. Quantas vezes já não te aconteceu querer ir mais rápido, mais longe e o corpo não acompanhar?

Para que te sintas ainda mais em forma, o Renault Run Club propõe-te um treino complementar que visa fortalecer os músculos do teu corpo. O Diogo Joshua, Diretor Técnico do ginásio Life Center, explica-te os benefícios do treino pliométrico.

 

Em que consiste o treino pliométrico?

O treino de pliometria, à base de saltos, consiste em exercícios destinados a unir a força e a velocidade durante os padrões fundamentais do movimento. O que acontece durante um exercício de pliometria é um alongamento rápido do músculo seguido imediatamente por um encurtamento muscular rápido.

 

Quais os fatores a ter em conta antes e durante a prática deste treino?

Numa primeira fase, antes de saltar, é importante o atleta corredor realizar exercícios específicos que ativem os músculos antes da receção ao solo. Após esta fase, é recomendável começar com exercícios de pliometria de baixa intensidade como saltar a corda, exercícios de técnica de corrida, saltos verticais, entre outros. Consoante o nível físico de cada atleta, podemos aumentar a intensidade dos mesmos através da amplitude ou dificuldade.

 

Quais os principais benefícios para o desempenho de um runner?

O principal benefício da pliometria tem sido cada vez mais a prevenção de lesões, principalmente em atletas de corrida. Durante a corrida existem vários saltos (fase de voo) e os nossos ligamentos, tendões, músculos, articulações estão submetidos a cargas elevadas (cerca de 2x o peso corporal em cada perna). Como tal, os exercícios de pliometria permitem minimizar este risco para os tecidos musculares, utilizando a energia elástica de uma melhor maneira.

 

Há dados que comprovam as mais-valias deste tipo de treino?

Existe um conjunto de estudos realizados no terreno com atletas que vinham de lesões nos joelhos. Estes atletas realizaram exercícios de pliometria durante 8 semanas, que contribuíram para a diminuição dessas lesões em cerca de 80% dos casos (homens e mulheres).

 

Atleta, agora já sabes! O treino pliométrico ajuda-te a prevenir lesões e a melhorar o teu desempenho nas corridas. Por falar nelas, contamos contigo ao mais alto nível no próximo sábado? Inscrições aqui.